Cadernos de Viagem de Abrantes

Desenho, Literatura, Fotografia, Vídeo, Jornalismo, Multimédia
3ª Jornada

Uma iniciativa do Município de Abrantes com a colaboração da Delegação do Centro da Ordem dos Arquitetos - Secção Regional do Sul
Locais de realização: Biblioteca Municipal António Botto, escolas e espaços públicos
Comissário: Eduardo Salavisa

 

Cadernos de Viagem de Abrantes

À semelhança dos “Carnets de Voyage” de Clermont-Ferrant, os Cadernos de Viagem de Abrantes são um espaço de encontro e de fusão do desenho com a escrita de viagens e outras artes como a fotografia e o vídeo.
Abrantes, cidade mais central de Portugal, lugar ideal de partida e de chegada, ou destino a descobrir em si mesma, será este ano palco de exposições de desenhos e cadernos de viagem, sendo uma coletiva, de artistas portugueses, e uma individual do espanhol José María Sanchéz.
Paralelamente haverá um programa de workshops, lançamentos, feira do livro de viagens e residência artística com o desenhador José María Sanchéz e o escritor Bruno Vieira Amaral.

EXPOSIÇÃO

De 09 março a 27 de abril de 2018
Com um caderno no bolso, de José María Sanchéz
Público em geral

José María Sanchéz
Nota biográfica

Nasci em 58 numa pequena aldeia de La Mancha. Estudei artes gráficas e publicidade em Madrid, e lá fiquei trabalhando como diretor de arte de diferentes agências de publicidade e, em seguida, como freelancer. Agora faço isso de qualquer lugar graças à internet.
Em criança não parava de desenhar batalhas navais no papel contínuo dos encefalogramas. As ondas vinham impressas no papel.
Na adolescência usava as agendas caducadas do meu pai como diários. Nas longas esperas pela minha noiva escrevia, escrevia. Acostumei-me a levar um caderno no bolso, mas esqueci o desenho.
A minha passagem pelas agências de publicidade como diretor de arte trouxe um retorno ao desenho, o uso de todo tipo de materiais, velocidade e sensibilidade especial pelo layout, aquela bela batalha entre textos, imagens e espaços em branco, entre cores e formas que ocorrem numa página ou em qualquer superfície. Mas, acima de tudo, criei uma atração especial pelo esboço, essa forma rápida, gestual e simples de representar uma ideia. A ponto de odiar o trabalho acabado, relaxado e perfeito, onde há mais sofrimento do que gozo.
Adoro viajar. Viajar ajuda-te a relativizar, a ver coisas de diferentes perspetivas. Quando viajaste muito começas a entender o que é essencial. A viagem predispõe-te para a curiosidade, para observar tudo sem julgar. É a fórmula perfeita para pintalgar cadernos.
Agora levo sempre um caderno no meu bolso, não vou a nenhum lugar sem ele. Escrevi e desenhei tanto, gostei tanto de fazê-lo, que já me parece um vício. Como é possível viver neste mundo sem parar a vê-lo, sem apreciar os seus pequenos detalhes, suas formas e cores, a luz, os gestos de seus habitantes... sem se transformar o dia a dia num espetáculo fascinante?

FEIRA DO LIVRO DE VIAGENS
De 9 de março a 27 de abril
Em parceria com a livraria Ao Pé das Letras


RESIDÊNCIA ARTÍSTICA
5 de abril a 15 de abril
José María Sanchéz vem desenhar Abrantes


EXPOSIÇÃO
De 06 a 23 de abril de 2018
Encontro de cadernos de viagem 2017
Biblioteca Municipal António Botto
(Em espaço exterior, no centro histórico)

 

RESIDÊNCIA ARTÍSTICA
17 a 23 de abril
Bruno Vieira Amaral vem escrever sobre Abrantes

ENTRE NÓS E AS PALAVRAS COM O ESCRITOR BRUNO VIEIRA AMARAL
19. abril. 2018//21H30
Biblioteca Municipal António Botto
Apresentação do livro Manobras de guerrilha: pugilistas, pokémons & génios e / ou uma atividade com escolas Manobras de guerrilha: pugilistas, pokémons & génios e/ou As primeiras coisas 

 

Público em geral

 

 
 ENCONTRO DE CADERNOS DE VIAGENS

URBAN SKETCHERS
7.abril.2018

10:00mn//15:30
Pela cidade (com início na biblioteca)
Com a presença dos participantes na exposição coletiva e na residência artística, mas aberto a todos os que quiserem viajar por Abrantes, desenhando, escrevendo sobre ela, fotografando, filmando, vivendo-a como mais lhes agradar.

15:30
Regresso à biblioteca para partilha dos trabalhos desenhados

MASTERCLASS
com José María Sanchéz e apresentação do livro Abrantes: o caderno de Pedro Cabral e Raquel Ochoa
7.abril.2018//16:00
Público em geral

OFICINA
Escrita de viagem: as estórias que os desenhos não contam
13.abril.2018// (…)
Por Nelson Paciência


Nelson Paciência
É arquiteto. Tem 42 anos, é casado e pai de dois rapazes. Vive e trabalha em Lisboa. Colabora com os Urban Sketchers Portugal (UskP) desde 2012, desde que (re) começou a desenhar.
Tem sido convidado com regularidade para falar dos seus desenhos em escolas, foi um dos formadores do Programa de Formação dos Urban Sketchers Internacional 10x10 no ano de 2017. Participou nos Simpósios de Manchester e Chicago como orador de uma conferência e instrutor, e é o responsável pela organização do Simpósio de 2018, que decorre no Porto em julho próximo.
Participou em várias exposições individuais e coletivas desde 2013 (Portugal, Espanha e Itália), e é um dos autores dos livros “Lisbon by Urban Sketchers”, “Portugal by Urban Sketchers” e “Porto by Urban Sketchers”, publicados em 2015 e 2017 respetivamente.
Foi voluntário entre 2014 e 2015 na Prisão de Alta Segurança em Monsanto, dando sessões regulares de desenho a um pequeno grupo de reclusos. É actualmente o Presidente da Associação de Urban Sketchers Portugal e os seus desenhos podem ser vistos aqui: http://nelsonpaciencia.blogspot.pt/

OFICINA
Ao vivo e a cores: desenho como terapia
16 ou 23.abril.2018//10:00
Por Teresa Ruivo


Data
2018-03-09 10:00 - 17:00
Local
Biblioteca Municipal António Botto - Antigo Convento de São Domingos ou Biblioteca Municipal António Botto
Abrantes, Portugal
 

Todas as datas

  • De 2018-03-09 10:00 a 2018-04-27 17:00
    segunda, terça, quarta, quinta & sexta
 

Powered by iCagenda

Neste sítio são utilizados cookies de forma a melhorar o desenpenho e a experiência do utilizador. Ao navegar no nosso sítio estará a concordar com a sua utilização. Para saber mais sobre cookies, consulte a nossa politica de privacidade.