Entre nós e as palavras com o escritor Miguel Miranda

Apresentação do livro Demasiado mar para tantas dúvidas, da Marcador Editora, por José Falcão Tavares

Demasiado mar para tantas dúvidas
Um amor tem várias vidas. Caracas é uma cidade a ferro e fogo. A vida de Martingo e Divone também. O sequestro e a morte da filha, Íris, na selva colombiana, constituem um drama que os precipita num labirinto de dor.
Martingo é mais duro de sentimentos, reage melhor à perda da filha, Divone vive enclausurada num estado de negação: para ela, a filha está apenas ausente e vai regressar um dia. Toda a sua vida comum acaba por desabar: os negócios, a família, a vida conjugal. Decidem abandonar Caracas e regressar à terra de Martingo, uma aldeia perdida no interior de Portugal, Campo de Víboras - lugar mágico por comportar as memórias de infância e por ser um sítio estranho, onde se passam coisas raras: bichos dentro das pedras, uma montanha que geme, minas de volfrâmio, lobos.
Um romance sobre a dor, a perda, a erosão do amor e a sua tentativa de salvação. Um olhar flamejante sobre a quantidade e a qualidade da vida, do amor e da felicidade. Como os ramos de um flamboyant agitados no vento das palavras.


Miguel Miranda

É médico e autor de vários romances, livros de contos e livros infantis. Recebeu o Grande Prémio de Conto da Associação Portuguesa de Escritores pelo livro Contos à Moda do Porto (1996); o Prémio Caminho de Literatura Policial pelo livro O Estranho Caso do Cadáver Sorridente (1997); e o Prémio Fialho de Almeida em duas ocasiões, pelos livros A Maldição do Louva-a-Deus (2001) e Todas as Cores do Vento (2013). Foi, também, finalista do Prémio PEN Narrativa 2012 (Todas as Cores do Vento) e do Prémio Violeta Negra 2014 do Festival de Literatura Policial de Toulouse (Donnez Leur, Seigneur, le Repos Éternel, edição francesa de Dai-lhes, Senhor, o Eterno Repouso). Está traduzido em Itália e França e representado em diversas coletâneas. No catálogo da Porto Editora figuram já os seus romances Dai-lhes, Senhor, o Eterno Repouso, Todas as Cores do Vento e A Paixão de K, bem como o livro de contos A Fome do Licantropo e Outras Histórias. Demasiado Mar para Tantas Dúvidas é o seu primeiro livro na Marcador Editora.


Público em Geral

Data
2017-10-26 21:30
Local
Biblioteca Municipal António Botto - Antigo Convento de São Domingos ou Biblioteca Municipal António Botto
Abrantes, Portugal
 
 

Powered by iCagenda

Neste sítio são utilizados cookies de forma a melhorar o desenpenho e a experiência do utilizador. Ao navegar no nosso sítio estará a concordar com a sua utilização. Para saber mais sobre cookies, consulte a nossa politica de privacidade.